Sobre mim

Parto prematuro, 810 g, gêmea (que veio a falecer após um mês) e um diagnóstico final: paralisia cerebral... Foram 15 anos de intensivas reabilitações: fisio e hidroterapia, terapia ocupacional, duas cirurgias de sucesso, para que hoje eu possa ser quem sou... As barreiras que a vida colocou não me impediram de tomar gosto e amor pela leitura e escrita, quando comecei a escrever as primeiras poesias... Agora, sigo meus passos numa eterna caminhada, fazendo de cada verso meu caminho, minha estrada..

Adaptado de: Força, você vai andar!, autoria de Débora Mariano

Você pode conhecer um pouquinho mais sobre mim também acessando:
Minha Retrospectiva 15 anos